top of page

Educação rural , direito de sonhar e Paulo Freire


Como seria a escola do futuro para você?


Adoro pensar como seriam as escolas do futuro. E por mais estranho que seja, na minha imaginação não figuram salas altamente tecnológicas com recursos digitais. Talvez sim algumas ferramentas de acesso ao conhecimento e a internet, talvez um pouco de inteligência artificial regendo o ensino. O que minha mente projeta é uma pedagogia avançada, centrada no ser humano e na forma de aprender e transformar o mundo. Imagino uma sala de aula onde o tempo não é o senhor, nem notas são as medidas. Imagino uma sala de aula onde alunos chegam e os professores estão lá para atendê-los em suas buscas por conhecimento, sem necessidade de aulas de 50 minutos, sem necessidade de testar o conhecimento a todo tempo. O professor funciona como um mentor e o currículo percorrido pelo aluno é uma aventura que ninguém pode prever aonde ele vai chegar, mas só de onde deve partir: de um projeto de vida bem construído e passível de mudança e acolhimento.


Aqui na Fábrica dos Sonhos estamos trabalhando constantemente com modelos de educação para projeto de vida e esperamos um dia chegar em resultados que possam de fato garantir o direito de sonhar para esses alunos. Em uma escola rural isso não deve ser diferente. Sendo mais específico agora, tratando de uma escola rural do futuro imagino alunos criando salas de aulas na natureza e expandindo os conhecimentos sobre a vida na Terra. Infelizmente parece que estamos distantes desse sonho ainda.


A escola rural e Paulo Freire


A taxa de evasão escolar em zonas rurais é geralmente mais alta do que em áreas urbanas em todo o mundo. Isso pode ser atribuído a uma série de fatores, incluindo a falta de recursos escolares, transporte limitado, falta de incentivos econômicos para continuar a estudar, e expectativas sociais que desfavorecem a educação. Além disso, a pobreza e a falta de acesso a bens básicos, como água potável e saneamento, também podem afetar a frequência escolar de crianças em zonas rurais. É importante destacar que a evasão escolar tem consequências graves para o desenvolvimento pessoal e econômico das crianças e para o desenvolvimento geral das comunidades. Portanto, é crucial que sejam implementadas políticas e programas para abordar estas questões e garantir acesso equitativo à educação para todos.


A educação rural tem sido um tema de grande importância na busca por uma sociedade mais justa e igualitária. Paulo Freire, considerado um dos mais importantes educadores brasileiros, defendia a importância da educação como ferramenta de libertação e empoderamento das pessoas. Ele acreditava que a educação deve ser participativa e dialogada, e que cada indivíduo tem o direito de sonhar e buscar realizar seus sonhos.


No caso da educação rural, Freire enfatizava a importância de se levar em consideração as realidades e necessidades dos agricultores e suas famílias, garantindo assim a valorização da cultura e identidade local. Ele acreditava que a educação rural deve ser capaz de oferecer aos agricultores as ferramentas necessárias para melhorar suas condições de vida e lutar contra a exploração e opressão.


O direito de sonhar e Paulo Freire


O direito de sonhar é uma parte fundamental da filosofia de Freire. Ele acreditava que cada pessoa tem o direito de ter aspirações e sonhos, e que a educação deve ser um meio para alcançá-los. Para Freire, a educação deve ser um processo transformador que permita a realização dos sonhos das pessoas, ajudando-as a alcançar a plena realização de sua potencialidade.


A educação rural, segundo Paulo Freire, deve ser uma ferramenta de transformação social que promova a igualdade e valorize a cultura local. Além disso, ele defende o direito de cada pessoa de sonhar e buscar realizar seus sonhos através da educação.


A Fábrica dos Sonhos busca em um de seus grupos de trabalho uma educação que respeite esse direito de sonhar. Nosso trabalho em nossa sede rural e também o trabalho que realizamos em escolas é fundamental para criar uma cultura do bem viver e garantir o direito de sonhar para crianças e jovens. Peço que você que nos lê também sonhe essa escola do futuro e conte aqui para nós como ela funcionaria, pois esperamos construir essas escolas juntos. É o que sempre dizemos: Se no mundo temos 7 bilhões de pessoas e cada uma delas é única, então precisamos de 7 bilhões de escolas e isso só é possível se cada pessoa for uma escola.

Seja a sua escola. Seja a escola para quem precisa de você. Busque sua escola no outro.

Conheça nossos projetos, visite nosso site (www.fabricadossonhos.net) e apoie essa causa!




Texto: Herbert Santo de Lima

Herbert, mais conhecido como Herbie, é professor, biólogo, mestre em Meio Ambiente e Desenvolvimento pela London School of Economics (LSE), especialista em sustentabilidade, jogos cooperativos e cultura de paz, e sonha em plantar seu próprio alimento.


A Fabrica dos Sonhos não se responsabiliza pela opinião dos autores.


20.085 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Comments


bottom of page